Pesquisar neste blogue

A carregar...

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Faço 25 anos. E não me apetece.

Iupi, 1/4 de século... uau...
Era suposto estar feliz e contente e querer fazer uma mega festa.
Mas não estou. Estou precisamente ao contrário!
Apetece-me ir beber uns copos com os meus amigos de sempre, vá, ir beber muitos copos!
São esses os meus planos, jantar qualquer coisa sem jeito e depois ir-me enfrascar.
Não tenho vontade de festejar, porque acho que não tenho nada para festejar.
Nada que já não tivesse no ano anterior ... nada de novo.
E juntando a isso o facto de ser sábado de carnaval, ainda pior!


Rescaldo dos saldos...

...comprei tudo o que não estava em promoção! 

Isto não há direito! 
Acenam-nos com promoções bombásticas até ao fim de fevereiro, e quando finalmente estamos predispostas a ir gastar dinheiro, percebemos que no principio de fevereiro já não há nada! 
Lá têm um expositor ou dois com algumas peças, coisas baratas é certo, mas feias que dói, de há não sei quantas colecções atrás, uma peça de cada para contar a história! 
Fiquei muito deprimida! É claro que só posso falar da lojas onde entrei e daquele fórum em específico, quanto aos outros lados não sei qual é o ponto da situação! 

Moral da história, precisava de roupa. Pelo menos um par de calças e umas camisolas... comprei-as na mesma, mesmo sem estar em saldos! 
A única coisa de saldos que se safou foram mesmo uns copos lindíssimos da zara home! hihi

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Saldos preparem-se...

... porque hoje eu vou-lhe usar!!! 
Isso e o cartão de crédito! 
Estou inspirada!!! 
Tenho que renovar o guarda roupa, aproveitar os ultimos dias de saldos e mimar-me, afinal de contas até faço anos esta semana e tudo. Mereço!!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Muita confusão na cabeça.


Se eu podia ser uma pessoa simples e descomplicada?!
Podia, mas assim a minha vida não seria a mesma coisa!

A mudança para a casa nova está iminente, aliás, a única coisa que me prende e me faz ir aos poucos são mesmo os meus pais que vão "morrer" por dentro com a minha ausência, sim porque já apanhei a minha mãe a chorar pelos cantos depois de lhe dizer que me queria mudar ainda este mês..

Quanto aos homens, sinceramente não os percebo juro.
Mas afinal de contas, querem ou não querem?! Xiça.
Depois as mulheres é que são isto e aquilo. E indecisas e desconfiadas e inseguras e wiskas saquetas!
Vendo bem as coisas afinal eles é que nunca sabem o que querem, hoje acordam e sim apetece, amanhã dão 20 passos atrás. Só me apetece mandá-lo à merda. E já faltou mais para isso acontecer!

Por ultimo, mas não menos importante, os amigos.
Às vezes é difícil aceitar que crescemos e que já não temos todo aquele tempo disponível para estarmos juntos. Porque estamos a trabalhar e os horários nem sempre são conciliáveis, porque o namorado chegou de uma viagem de não sei quantos meses e há que deixar os pombinhos com tempo só para os dois, porque a outra tem um namorado novo e está naquela fase em que só o vê à frente, e por ultimo aqueles que estão longe e que é muito muito difícil combinar algo, porque acabamos por não fazer parte do mesmo grupo de amigos e existem sempre algo combinado de ambas as partes. Enfm uma treta.

É claro que só penso nisto nos dias maus. Nos dias bons consigo encarar perfeitamente as coisas e lidar muito bem com o facto de ter de estar sozinha cada vez mais tempo.
Enfim, a vida é uma treta.

domingo, 24 de janeiro de 2016

"Confesso que me dá um certo gozo irritar-vos"



Acabaram de me dizer isto a respeito das mulheres, ora digam lá se não dá vontade de esticar a mão atrás e puuum!!!!




terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Grey come on...


Quase a fazer dois meses sem anatomia de grey, grrr.
Não há direito. A malta quer ver!!!
Tenho saudades "deles" (isto é ligeiramente estúpido eu sei, mas quando se está sozinho o melhor refúgio são as séries e filmes e tudo e mais alguma coisa que nos faça esquecer da nossa realidade).

O que temos de mais certo na vida.


Todos sabemos que as únicas certezas que temos nesta vida é que um dia vamos partir.
Nascemos, crescemos, vivemos, morremos.
E porque é que no fim custa tanto?
O sentimento de perda, de impotência, de dor.
Nunca é fácil deixar alguém na sua ultima morada. 
Neste momento o meu coração está assim apertadinho. 


segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

SALDOS, venham eles!

Cada vez os mais saldos chegam mais cedo.
No outro dia vi uma reportagem em que perguntavam às pessoas o que andavam a comprar agora nos saldos, as duas repostas que fixei mexeram comigo:


- "Vou aproveitar para comprar agora as prendas porque agora as coisas estão mais baratas"

Esta primeira fase deixou-me triste, e ao mesmo tempo com uma pontada de revolta. Os nossos amigos e familiares não estão à espera de receber carros, ouro e coisas do género. Acho que temos que oferecer conforme a nossa possibilidade económica, e muitas das vezes é preferível uma coisa com grande valor sentimental a uma coisa com grande valor monetário. Se não podemos dar um presente de 100€, podemos dar um de 5 ou 10 com mais significado, muitas das vezes o que interessa é o gesto, o "lembrei-me de ti nesta época do ano".

Esperar pelos saldos para dar os presentes de natal para mim é o consumismo ao mais alto nível, é o vou esperar pelos saldos para comprar presentes xpto, é o atirar areia para os olhos e mostrar que se pode dar presentes caros, enquanto um mimo teria sido mais que suficiente.



- "Já tinha visto as coisas antes e agora vim cá ver com o desconto"

Esta segunda frase mexeu comigo porque me identifiquei, claro!
Quem não faz isto hoje em dia!?
O pior mesmo é a desilusão de chegar à loja e perceber que afinal aquela peça que tanto andei a a namorar afinal não está em saldo ou já está esgotada. Bah.