quinta-feira, 26 de julho de 2012

(in)Feliz

Sou tão estúpida, sou tão deprimente, por vezes tenho vergonha de mim mesma. 
Há certas alturas em que penso no inevitável, porque é que eu estou sozinha? Porque é que ninguém se interessa por mim? Serei assim tão feia?

Porque é que ninguem me pega? Vou ficar para tia? Nem isso porque nem irmãos tenho. 

Não tenho escrito nada nestes ultimos dias, porque para além de ter andado a estudar para o exame de recurso, que já agora, correu um pouco melhor que o da primeira fase, mas para além de tudo isso, ando deprimida.

Parece que todos há minha volta estão comprometidos, e eu aqui a única parva sozinha. Todos deixam de fazer coisas comigo porque o A, B ou C pode não gostar, ou pode ficar chateado(a). E eu pergunto-me, porra, e eu ? Não conto? Tasse bem. 

Mas o que mais me frustra é depois não ter mais por onde me virar. Não ter alguém que me compreenda.  

Estou desolada. Não estou nos meus melhores momentos. E sinto que tenho vontade de me fechar em casa durante uma semana a comer potes de gelado e a ver comédias românticas. 

Mas isto vai ter que mudar. 
Eu vou ter que mudar. Primeiro porque o amor não aparece assim. Segundo porque não vou ficar o verão inteiro deprimida! Recuso-me.


Sem comentários:

Enviar um comentário

NEW SEASON

A imagem fala por si. É mais ou menos isto! O verão já lá foi, já apetece vestir roupa mais quentinha, passar um fim de semana a ver f...