sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Top 10 # Livros

1# Amanhecer - Saga Twilight (Stephenie Mayer)


Sinopse
Amares aquele que te matava, deixava-te sem outra opção. Como poderias fugir, como poderias lutar, se ao fazê-lo magoavas o teu amor? Se a tua vida era tudo o que tinhas para dar, como poderias recusá-la? A alguém que amavas verdadeiramente? 

Para Bella Swan, o amor inelutável por um vampiro enreda-se de forma fantástica e terrível com uma realidade perigosamente opressiva. Impelida, num sentido, pela sua paixão intensa por Edward Cullen e, no outro, pela ligação profunda ao lobisomem Jacob Black, Bella enfrentou um ano tumultuoso de tentações, perdas e conflitos que agora a coloca perante um momento final e decisivo. A escolha eminente entre ingressar no mundo tenebroso, mas sedutor, dos imortais, ou prosseguir uma existência inteiramente humana é o fio do qual se suspendem os destinos dos dois clãs. 

Agora que Bella já tomou uma decisão, uma cadeia perturbante de acontecimentos sem precedentes está prestes a desenrolar-se, com efeitos potencialmente devastadores e incomensuráveis. Quando os fragmentos corroídos da sua vida - inicialmente desvendada em Crepúsculo, e depois estilhaçada e dilacerada em Lua Nova e Eclipse - parecem prestes a sarar e a unir-se num todo, será que vão ser destruídos… para sempre? 

Espantoso e capaz de cortar a respiração, Amanhecer é o final anunciado da Saga Luz e Escuridão, onde se desvendam os segredos e mistérios deste romance épico fascinante, que arrebatou milhões de leitores.

Para mim é sem dúvida o melhor livro da saga! Li-o duas vezes de seguida! É o fecho de um ciclo, é o final feliz!



                                                         2# Viagem a Capri (Elizabeth Adler)

Sinopse
Quando o magnata inglês Sir Robert Waldo Hardwick morre de forma misteriosa num acidente de viação, deixa uma carta a nomear seis pessoas que suspeita lhe tenham desejado a morte. Daisy Keane e o investigador Harry Montana juntam-se para levar os suspeitos (e outros convidados como manobra de diversão) num fabuloso cruzeiro pelo Mediterrâneo, com todas as despesas pagas pelo falecido Sir Robert. O mistério aumenta à medida que vão aportando em Monte Carlo, Saint-Tropez e Sorrento. E as reviravoltas inesperadas são apenas o princípio. 
Por fim, chegam à bela Villa Belkiss em Capri, onde será lido o testamento de Sir Robert... e o assassino desmascarado. Com a beleza da paisagem do Yorkshire, as estâncias do Mediterrâneo e o magnífico iate de cruzeiro, mais a atracção intensa entre o solitário Harry Montana e a desconfiada Daisy, as paixões inflamam-se e o encanto da Villa Belkiss deslumbra. 
Ninguém escreve viagens maravilhosas ou suspense como Elizabeth Adler.

Adoro esta autora, como já antes aqui escrevi, e dos seis livros que já li dela, este foi o que mais me cativou. 





3# Noivas de Guerra (Anthony Capella)


Sinopse
Tal como o bestseller Receitas de Amor, este livro é um prazer para os sentidos
Na melhor tradição de romances como Chocolate e O Bandolim do Capitão Corelli, chega-nos um relato mágico de paixão, delícias gastronómicas e Itália.
O capitão James Gould chega à Nápoles da Segunda Guerra Mundial com a missão de desencorajar os casamentos entre soldados britânicos e as suas belas namoradas italianas. Quando se torna demasiado bom no seu trabalho, as jovens locais conseguem que ele empregue Livia, uma rapariga de uma aldeia do Vesúvio, como sua cozinheira, na esperança de que as suas qualidades fantásticas na cozinha - para já não falar na sua beleza - o distraiam. Sob a sua influência, James deixa de se preocupar com assuntos tão pouco importantes como as noivas de guerra, o mercado negro e a corrupção da máfia, entre outros, pois o tempo passado na cozinha pode ser tão divertido e excitante como o próprio banquete da vida! Mas quando o Vesúvio entra em erupção, destruindo a aldeia de Livia, ele tem de escolher entre obedecer a ordens ou ao coração.




Um livro comprado ao acaso, que me veio a surpreender muito. Posso dizer que este era mesmo daqueles livros que não dava nada por ele, não achava nada de jeito, mas que me me veio a surpreender e muito. Adorei tudo, a escrita, a história e assim de tudo o desenrolar desta! 





4# A Alquimia do Amor (Nicholas Sparks)


Sinopse
Tendo conhecido um enorme sucesso desde o seu primeiro romance publicado, Nicholas Sparks é hoje um já longo caso de prestígio e aceitação pública. Originário do Nebraska, vive actualmente em New Bern, na Carolina do Norte. Ele próprio admite que viver num lugar onde as pessoas ainda têm "tempo", influencia grandemente a escolha dos seus temas. Um desses temas colheu-o no prolongado namoro dos seus avós, uma união que durou quase sete décadas. Foi sem dúvida uma das experiências de vida que mais o impressionou, e que ele já nos transmitiu noutro assinalável êxito, "O Diário da Nossa Paixão", um livro comovente. Mas o tema do amor comprometido, generoso e tolerante, que leva as pessoas a darem o melhor de si próprias e que supera o desgaste do tempo, não deixou de fasciná-lo e deu origem a este novo livro que tem por base o que poderíamos considerar uma variante do mesmo tipo de relação entre um homem e uma mulher. Um casal cujos filhos já deixaram a casa paterna... Só que talvez o leitor comece por ter uma surpresa, ou várias surpresas, porque os fios que tecem este casamento não se deixam facilmente adivinhar.

O primeiro livro que li deste autor, e depois de já ter lito outros, este é sem dúvida o que mais me cativou. Este é o tal! 





5# Sexo e a Cidade (Candande Bushnell)



Sinopse
Série de grande sucesso na televisão, “Sexo na Cidade” começou por ser uma coluna no jornal “New York Observer”, da autoria de Candace Bushnell, que com grande coragem e certo à vontade falava dos hábitos sexuais da upper class de Manhattan. As suas personagens (um grupo de amigas, quatro mulheres nova-iorquinas na casa dos trinta) tinham uma liberdade e um comportamento sexual politicamente pouco correcto. O êxito das crónicas levou a que fossem reunidas num livro, que chega agora em tradução portuguesa. Na série, a actriz Sarah Jessica Parker empresta o corpo e a voz a Carrie, alter-ego da jornalista, narradora e personagem central, colunista do jornal “New York Star”, que, a partir de experiências suas e das suas amigas (Charlotte, tímida e com um look mais conservador, ainda à espera do “príncipe encantado”; Samantha, mulher fatal, com uma sexualidade insaciável; e Miranda, uma advogada sem papas na língua), reflecte sobre o erotismo feminino dos finais da década de 90.

Para além de grande fã da série e dos filmes, o livro não podia faltar à minha vasta coleção de fã da saga!!



6# O Contrário do Amor (Julie Buxbaum)


Sinopse
Aos 29 anos, Emily Haxby mora sozinha em Manhattan, trabalha em um grande escritório de advocacia, tem bons amigos e um namorado apaixonado. Mas, ainda assim, ela se sente vazia por dentro. O que poderia faltar em uma vida aparentemente tão boa? Em O oposto do amor, Julie Buxbaum estréia na literatura mostrando uma personagem que luta para aprender a lidar com as próprias emoções e precisa desvendar a si mesma antes de encarar o mundo.
Ao desconfiar que Andrew, um médico com quem namora há dois anos, vai pedi-la em casamento, Emily toma uma decisão surpreendente: termina o relacionamento, sem conseguir encontrar uma justificativa plausível para tal atitude. Mergulhada no trabalho, a advogada não tem tempo para refletir sobre o assunto – passa 20 horas por dia no escritório, envolvida em uma causa que vai contra seus princípios e a faz lidar com um chefe que insiste em assediá-la.
Quando descobre que seu avô – uma das pessoas que mais ama e sempre esteve presente para apoiá-la – sofre de Alzheimer, a protagonista é forçada a encarar seus fantasmas. A ausência da mãe, que morreu de câncer quando Emily tinha 14 anos, e a distância existente entre a jovem e seu pai, um político bastante ocupado, incomodam como nunca. No meio desse turbilhão emocional, ela se dá conta de que realmente ama Andrew.
Com o passar do tempo, Emily reflete sobre as escolhas feitas até então e resolve dar um novo rumo à sua vida. Para começar, a personagem procura reatar seu namoro. Diante da resistência de Andrew, ela conclui que o oposto do amor não é o ódio, e sim a indiferença. Seria tarde demais para eles?
Ao longo das páginas, Julie Buxbaum brinda os leitores com uma narrativa sobre amor, perda e a capacidade de se reerguer diante das adversidades, enfrentando os próprios medos. Apesar de ser uma obra de ficção, O oposto do amor mostra como as verdadeiras mudanças na vida de alguém se realizam de dentro para fora. Nesse processo, saber lidar com os sentimentos é fundamental.




Mais outro livro comprado ao acaso que me surpreendeu e muito! Foi este livro que me fez começar a comprar livros ao acaso!!







7# Na Corda Bamba (Joanne Harris)


Sinopse
Uma história de caça às bruxas, regicídio e frenesim religioso na França do século XVII...

Forçada pelas circunstâncias a procurar refúgio com a sua jovem filha na remota abadia de Saint Marie-de-la-Mer, a actriz Juliette reinventa-se como Sóror Auguste sob a tutela de uma bondosa abadessa. A pouco e pouco, Juliette adapta-se a tão grande mudança: ao colorido das viagens e constantes descobertas da sua vida de actriz seguem-se as novas exigências de uma existência em semi-clausura. Mas os tempos estão a mudar: o assassinato de Henrique IV transforma-se num catalisador para a sublevação em França, e a nomeação de uma nova abadessa, cuja ânsia pela Reforma não conhece limites, rapidamente destrói tudo aquilo que Juliette começara a amar na sua nova vida. Mas o pior está ainda para vir... A nova abadessa, Isabelle, é uma criança de onze anos, vinda de uma família nobre e corrupta, e faz-se acompanhar de um fantasma do passado de Juliette: disfarçado de clérigo, eis um homem que ela tem todas as razões para temer…
Tratando com subtileza um tema delicado – a religião como subterfúgio, como manobra de evasão face às dolorosas realidades da existência – Joanne Harris constrói uma história bem ao seu jeito, tocante e vívida, apaixonante desde a primeira página.

Já tinha este livro em casa há alguns anos, mas nunca me tinha dado para ler, até que no ano passado, olhei para o livro e pensei "é agora ou nunca", e foi uma agradável surpresa! Fez-me imaginar viver naquela época, fazer parte da trupe, fazer parte do convento! 



8# Verão na Riviera (Elizabeth Adler)


Sinopse
A americana Lola Laforêt pensava que tinha tudo: um casamento estável com Patrick, um francês muito encantador, e o Hotel Riviera, um espaço mágico voltado para o azul do Mediterrâneo, a sua grande paixão. Até que um dia Patrick desaparece misteriosamente sem deixar rasto…
Seis meses depois, Jack Farrar, um americano que passeia pelo mundo a bordo do seu barco, lança âncora na enseada do Hotel Riviera e vai mostrar a Lola o verdadeiro significado do amor. 
A atracção entre ambos é imediata, mas, após o que aconteceu com Patrick, Lola receia envolver-se novamente. Será Jack um homem de confiança? Quando a polícia a questiona acerca do paradeiro do marido e, em seguida, várias pessoas suspeitas reivindicam a posse do Hotel Riviera, Lola recorre à ajuda de Jack para encontrar o misterioso Patrick e resolver, de uma vez por todas, o seu futuro.

O primeiro livro que li desta autora, que me cativou nas primeiras páginas. Que me fez colocar esta autora como a minha favorita, de momento (J.K.Rowling e Stephenie Meyer também estão na lista, claro!).





9# Harry Potter e o príncipe misterioso (J.K.Rowling)


Sinopse


Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o 6º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma e leitura com apoio do professor ou dos pais. 

Voldemort está mesmo de volta! Esta é a terrível confirmação que agita o início do sexto ano na escola de feitiçaria de Hogwarts. O crescente poder maléfico de Voldemort e do seu vasto exército de Devoradores da Morte é cada vez mais visível, não só no mundo da Magia como no mundo dos Muggles. Agora, mais do que nunca, é necessário reunir forças para combater o mal, e, para isso, Harry e Dumbledore visitam o passado misterioso de Voldemort e o coração da magia negra, e desvendam alguns segredos verdadeiramente espantosos. Mas são muitos mais os enigmas que Harry terá de resolver, entre eles, um muito em especial - quem é o príncipe misterioso a quem pertenceu o livro sobre poções que Harry recebeu e que revela conhecimentos poderosíssimos e letais? Poderá contar com ele como aliado ou será mais um inimigo a vencer? Neste penúltimo livro da série, as forças são testadas até ao limite, e Harry terá de apelar a toda a sua coragem e determinação para prosseguir na luta contra o poderoso senhor das trevas!... Será que vai conseguir?


Li todos os livros da saga. Cresci com eles. Cresci a lê-los. Mas decidi destacar este, porque me fez chorar ao ver o Dumbledore morrer. Nunca tive grande interesse nos filmes, porque filme nenhum ia apagar as imagens que se foram formando na minha cabeça ao ler os livros, como imaginava o Harry, a Hermione e o Ron, o Dumbledore e o estúpido do Snape! Porque o bom de ler, é transportar as histórias para a nossa imaginação.







10# Estarás Sempre Comigo (Anna McPartlin)


Sinopse
Emma tem vinte e seis anos - bonita, inteligente, feliz e vive com o namorado de infância, John, num agradável apartamento em Dublin. O seu maior problema é a mãe não parar de insistir para que se casem já. Emma e John sentem-se o casal perfeito, com um futuro cheio de possibilidades. Mas, de repente, John morre num terrível acidente, e Emma mergulha no desespero. Amava-o mais do que à própria vida - e agora a morte tirou-lho. 
À medida que emerge da dor, Emma tem de encontrar uma nova forma de viver, e os amigos leais unem-se para tentar ajudar. Clodagh, amiga de sempre de Emma, com quem ela partilhou tudo, desde bolos de lama a namoros desastrosos. Anne e Richard, mais ou menos bem casados e a debaterem uma mudança para o campo. O irmão de Emma, Noel, o jovem padre católico que vê a sua própria fé testada enquanto tenta confortar Emma. Seán, o belo mau rapaz das mil e uma namoradas, desconfortavelmente ciente da sua crescente ligação a Emma. 
De forma espirituosa, mordaz e, às vezes simplesmente chocante, Emma documenta as histórias dos amigos e a sua própria recuperação da dor com uma franqueza que envolve o leitor desde a primeira página.

Chorei baba e ranho com este livro. Chorei quando o John morreu. Chorei por a vida ser injusta. Chorei porque quando parece que a vida é perfeita (seja em ficção ou realidade) acontece sempre alguma porcaria que nos vira do avesso. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

NEW SEASON

A imagem fala por si. É mais ou menos isto! O verão já lá foi, já apetece vestir roupa mais quentinha, passar um fim de semana a ver f...