Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

E é isto...



...obrigado por (não) partilhares esta semana que tens de férias comigo.
...obrigado por (não) me apoiares neste momento que sabes que não ando bem.
...obrigado por estares sempre ausente.


Tenho vivido tempos mais complicados, o desemprego está-me a matar. Ando em baixo, basicamente preciso de atenção. E logo esta semana que o meu melhor amigo tem férias, em vez de aproveitar para passarmos algum tempo juntos, porque daqui para frente vai começar o estágio e chapéu, não. Parece que todos os dias surge algo novo para fazer e eu fico na merda. Se não fosse a minha outra amiga, estava já em depressão em casa, ela sim, tem sido um grande apoio nestes últimos dias. O esforço para estarmos nem que seja 10 minutos juntos é bola. Será que ele não percebe que eu estou mal e preciso de companhia?!
Mas com estas pequenas coisas é que se aprende. Porque se fosse ao contrário eu deixava de fazer as minhas coisas para o apoiar, mas consigo finalmente perceber que isso não é recíproco. Parece que tenho vivido uma grande ilusão. 
E uma coisa é certa, daqui para a frente vou ser assim. Se é isso que ao fim de 17 anos de amizade tenho direito, ficar constantemente para último plano, então é assim que vai ser.

Sem comentários:

Enviar um comentário