Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Serei só eu que por vezes dou por mim parada no tempo a ver todos à minha volta a evoluir, concretizar sonhos, atingir objectivos? Então e eu? Não tenho direito? Também não me esforço? Não me farto de trabalhar? Não faço montes de horas a mais por semana para ganhar uma ninharia, e um aumento, não?
Hoje estou revoltada (mais uma vez) com as injustiças. 

Sem comentários:

Enviar um comentário