segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

SALDOS, venham eles!

Cada vez os mais saldos chegam mais cedo.
No outro dia vi uma reportagem em que perguntavam às pessoas o que andavam a comprar agora nos saldos, as duas repostas que fixei mexeram comigo:


- "Vou aproveitar para comprar agora as prendas porque agora as coisas estão mais baratas"

Esta primeira fase deixou-me triste, e ao mesmo tempo com uma pontada de revolta. Os nossos amigos e familiares não estão à espera de receber carros, ouro e coisas do género. Acho que temos que oferecer conforme a nossa possibilidade económica, e muitas das vezes é preferível uma coisa com grande valor sentimental a uma coisa com grande valor monetário. Se não podemos dar um presente de 100€, podemos dar um de 5 ou 10 com mais significado, muitas das vezes o que interessa é o gesto, o "lembrei-me de ti nesta época do ano".

Esperar pelos saldos para dar os presentes de natal para mim é o consumismo ao mais alto nível, é o vou esperar pelos saldos para comprar presentes xpto, é o atirar areia para os olhos e mostrar que se pode dar presentes caros, enquanto um mimo teria sido mais que suficiente.



- "Já tinha visto as coisas antes e agora vim cá ver com o desconto"

Esta segunda frase mexeu comigo porque me identifiquei, claro!
Quem não faz isto hoje em dia!?
O pior mesmo é a desilusão de chegar à loja e perceber que afinal aquela peça que tanto andei a a namorar afinal não está em saldo ou já está esgotada. Bah.

Sem comentários:

Enviar um comentário

NEW SEASON

A imagem fala por si. É mais ou menos isto! O verão já lá foi, já apetece vestir roupa mais quentinha, passar um fim de semana a ver f...